terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Celebrar o Natal (sim ou não)?


Hoje o mundo Cristão comemora o nascimento de Jesus, este que "foi o acontecimento mais extra ordinário de todas as eras já vividas" - Rev. Cláudio Henrique (23/12/2012) - Deus, encarna em forma humana, o verbo que é, que era e que há de vir, o soberano, supremo e eterno Deus deixa sua glória e habita no meio de sua criação, cumprindo sua promessa feita a Adão de que enviaria um Messias, alguém capaz de pagar o preço exigido pela Sua própria justiça.


É bem verdade que mesmo os cristãos têm se esquecido do verdadeiro sentido do natal, muitos deles influenciados pela visão mercantil que tem sido grandemente divulgada pela mídia e comércio da atualidade. Papai Noel, árvores, presentes, comidas e bebidas têm desviado de muitos a atenção do mais importante de todos, não apenas por ser Ele o aniversariante, mais por ser o único e verdadeiro Salvador: Jesus!



Por outro lado há Cristãos que sequer se alegram, ou festejam o nascimento do  Reis dos Reis, dAquele que veio ao mundo para os salvar. O medo de se parecerem com aqueles que sem critério, se esquecendo do verdadeiro sentido do Natal, se envolvem em eventos dissolutos, que não glorificam a Deus, acabam se esquecendo de, assim como os anjos fizeram, glorificar a Deus pelo maior presentes de todos.



Natal significa nascimento, neste caso, o do maior de todos os homens, o para todo o sempre bendito Jesus! Se a cada ano nos alegramos por mais um ano de vida que nós e aqueles a quem amamos completam, o que dizer de louvar a Deus e se alegrar pelo aniversário de Seu precioso e único filho, Jesus, o Cristo?



Devemos louvar a Deus pelo cumprimento de Sua promessa, pela salvação que nos foi enviada, pela graça que nos foi concedida nEle, no menino que nasceu numa humilde manjedoura.



É notório também que esta disposição de glorificar a Deus, deve ser algo para todos os dias de nossa vida, afinal esta deve ser a razão de nossa existência, mas sob o pretexto de não se parecer com os ímpios que fazem do dia 25 de dezembro uma data essencialmente comercial,  muitos têm desvalorizado o que esta data representa.



Por isso tudo, neste dia 25 de dezembro de 2012, celebremos o nascimento de nosso Salvador, de nosso redentor, dAquele que veio ao mundo para pagar o preço pelos nossos pecados. Aquele que morreu por mim e por você, Aquele que ressuscitou ao terceiro dia, e que um dia voltará para nos buscar.



A Ele pois toda gloria, majestade, domínio, força e poder, hoje, dia 25 de Dezembro de 2012 e para todo o sempre, amém!



Feliz Natal!


Nenhum comentário: