quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Pelo que você vive?

Qual é o seu objetivo principal na vida? Qual é a coisa que lhe faz acordar cedo e dormir tarde? Em que você empenha suas forças, habilidades, horas e saúde?

Nesta sociedade narcisista, talvez você se empenhe por ter um corpo sarado, será isto? Na 1ª carta de Paulo a Timóteo 4.7b-8, Deus nos fala: "Exercita-te, pessoalmente, na piedade. Pois o exercício físico para pouco é proveitoso, mas a piedade para tudo é proveitosa, porque tem a promessa da vida que agora é e da que há de ser."

Mas talvez seu objetivo seja as conquistas financeiras, muito dinheiro, casas, carros do ano, viagens, celulares da moda, roupas e sapatos de marca, status... Será isto?
No evangelho de Lucas 12.15, Jesus nos ensina: "Então, lhes recomendou: Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui." e disse que um homem rico que ajuntava e se alegrava no que tinha juntado, Deus o perguntou - Lucas 12.21-12 "Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus."

Contudo aquele que teme ao Senhor, e que tem o Senhor como prioridade em sua vida, este será abençoado, ainda que em meio às tribulações, sairá vencedor, em meio às perseguições, viverá em paz, pois O SENHOR DOS EXÉRCITOS é com ele, e DEUS jamais o abandonará. Paulo escrevendo aos Romanos, fala que o Evangelho é o poder de DEUS para a salvação daquele que crê em Jesus. E o mesmo Paulo afirma que o justo viverá por fé - Romanos 1.16-17: "Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego; visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé."

O objetivo principal de minha vida é: Glorificar a Deus, e desfrutar de Sua santa e excelsa presença. (Breve Catecismo)

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Não rejeites a disciplina do SENHOR...

“Filho meu, não rejeites a disciplina do SENHOR, nem te enfades da sua repreensão. Porque o SENHOR repreende a quem ama, assim como o pai, ao filho a quem quer bem.” Provérbios 3.11-12

Você está passando por provação, por tribulação, sente que Deus o está disciplinando? Salomão já no fim de sua existência, cheio de experiência, e principalmente sabedoria do Senhor, chama seu filho, e como o coloca no colo, amavelmente o instrui.

Dentre os ensinos que ele dá ao seu filho, este se destaca, pois fala ao filho para não se rebelar quando este vier a ser repreendido pelo Senhor, quando Deus o disciplinar, não deveria provocar cansaço, desalento, desânimo, ou tristeza nele, e o motivo é claramente colocado no verso seguinte: Deus disciplina a quem ama.

Assim como o pai corrige o filho que ama, a fim de que este permaneça em caminho seguro, Deus nos corrige a fim de que não nos afastemos dEle, a fim de que cresçamos em santidade, a fim de que fiquemos mais parecidos com o Senhor Jesus.

A disciplina do Senhor nos leva ao zelo e ao arrependimento (Apocalipse 3.19). Zelo para com as coisas de Deus, para com a busca por seguir a Sua Santa Palavra, e também ao arrependimento pelas coisas erradas que fizemos. É bem verdade, que nem sempre a provação vem por conta de que estamos em pecado, contudo é certo que sempre que ela vem com ela a graça de Deus para que apossamos ser aprovados.


Senhor Jesus, recebo tua disciplina com alegria, pois ela é prova de que tu me amas, que cuidas de mim, que não deixarás que eu me desvie e nem me perca, mas completarás a obra que começaste em minha vida.