quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Aleluia, Deus respondeu NÃO!


Após 15 dias da morte de meu cunhado, veja o relato da história no post Minho, servo de Deus, até breve! fiquei inquieto tentando entender o porque de Deus nos ter respondido NÃO. Fiquei procurando explicações e uma lógica para este fato que nos tanto entristeceu.

Não achei explicação. Minha mente limitada, não consegue entender os insondáveis planos de Deus, quem sou eu para querer entender os eternos propósitos de Deus. Como está escrito lá na carta de Paulo aos Romanos, capítulo 13, versos 33, 34, 35, e 36: Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído? Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!

E como Minho tão bem falou comigo, antes do natal de 2010: “Eu tinha a minha agenda, todavia aprendi que Deus tem a dEle, e eu como Seu servo, estou tendo que a seguir em detrimento da minha."

Mas esta percepção não me trouxe consolo algum, saber que Deus tem os Seus planos, que são maiores que os meus, não me fortalece a continuar a caminhada, a me levantar e seguir para o alvo…

Todavia, eu dou graças a Deus, pois Ele mesmo, percebendo minha incapacidade, minha pequenez, minha falta de fé, minha pecaminosidade, minha cegueira, Ele amorosa e pacientemente abre os olhos do meu coração e assim, posso crer que o Seu NÃO, ou seja, que a Sua vontade é boa, perfeita e agradável.

Deus através da sua Palavra me mostrou que Ele disse NÃO a nada mais, nada menos do que Jesus Cristo, Seu filho, Aquele para quem, em tempos anteriores, Ele havia dito (Mateus 17:5): Falava ele ainda, quando uma nuvem luminosa os envolveu; e eis, vindo da nuvem, uma voz que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi.

Jesus estava no Getsêmane, Ele pressentindo sua morte, ora por três vezes (Mateus 26:39) Adiantando-se um pouco, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se possível, passe de mim este cálice! Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres. Contudo Deus disse NÃO. Aleluia! Se Deus tivesse dito sim a Jesus, hoje, eu e você, estaríamos perdidos, e não apenas nós, mas toda a raça humana. Por que Deus nos amou, Ele disse NÃO aquele a quem Ele mais amava.

Depois de meditar nisto, eu louvei a Deus porque embora eu ainda não compreenda o porquê dEle ter nos dito NÃO quando oramos a respeito de Minho, tenho a certeza de que Minho está com Cristo, e um dia eu também estarei, e estarei porque às vezes Deus nos diz NÃO.

Louvado seja o Senhor!

2 comentários:

Suênia disse...

Que não difícil de ouvir. E que dor esse não tem me causado!

Suênia disse...

Que não difícil de ouvir. E que dor esse não tem me causado!