quinta-feira, 5 de maio de 2011

Outro Prisma - Por Aderval Mendonça

 

Excelente texto extraído do http://pospensador.blogspot.com/

Boa leitura!

Sou crente.

Sou casado, e não traio minha esposa; Não fumo nem bebo; Não jogo em loterias ou jogos de azar; Não me divirto em boates e shows de vários grupos que estão “bombando” por ai.

Muitos de meus amigos se afastaram de mim, talvez porque eu evito ficar contando ou ouvindo piadas picantes, falar palavrão ou falando de mulheres alheias; talvez porque não saio com eles procurando garotas pra “ficar”... sei lá!

Não tenho muito dinheiro e perco muitas oportunidades porque não minto, não promovo minha imagem, nem uso do “jeitinho brasileiro”, ou das “brechas da lei” para me beneficiar, como muitas pessoas fazem e vão crescendo na vida rapidamente.
Algumas pessoas ficam debochando do fato de eu ser crente... soltam gracinhas, piadinhas... outras acham que sou um hipócrita, que tudo é só fachada... às vezes estas coisas vem dos próprios familiares, e causam tristeza...

Se erro com alguém, tenho que pedir perdão; Se alguém erra comigo, tenho que perdoar, mesmo que a pessoa não tenha me pedido desculpas, ou que eu tenha me prejudicado muito.

Leio a Bíblia rotineiramente, obedeço seus mandamentos... restrinjo muitas coisas da minha vida por causa dos seus mandamentos; Todo mês eu entrego 10% do que ganho. Todo domingo acordo de 6 da manhã para ir pra escola dominical da igreja, e vou à noite para um culto também.

Dedico boa parte do meu tempo à igreja, tempo este em que poderia estar descansando ou me divertindo;

Se eu morrer agora, terei deixado de aproveitar muitos prazeres que a vida oferece...

Mas, olhando por outro prisma...

Eu aproveito e me deleito com um casamento estável, com uma mulher maravilhosa a quem amo muito e não troco por nenhuma outra no mundo, e para a qual tenho prazer e saudades de voltar a cada dia pra casa; Não preciso de bebidas, boates ou quaisquer outras “diversões” deste tipo para me sentir feliz ou alegre... Encontro prazer nas coisas de Deus, e me realizo nelas; Ah, me divirto com coisas saudáveis, que não vão me fazer mal...

Agora tenho amigos de verdade, que são mais chegados que irmãos... amigos que edificam minha vida, querem o meu bem realmente... não querem somente alguém pra sair e tirar onda... mas que se preocupam comigo, com minha vida em todos os aspectos... que me corrigem se eu errar, e torcem e oram pelo meu crescimento espiritual.

Vivo bem com o que Deus me dá; Percebo Sua Graça em tudo o que tenho, por pouco que seja, e agradeço a Ele por tantas bênçãos que Ele derrama em minha vida; Além disso, ponho minha cabeça no travesseiro todo dia com a consciência limpa e com a certeza que agradei a Deus e que não prejudiquei ninguém.

O fato de ser crente tem abençoado a minha vida e a vida da minha família. Tem também feito diferença na vida de outras pessoas, apesar dos deboches... e muitas pessoas que debocharam no passado hoje me respeitam e até se aproximaram do evangelho...

Através do pedido de perdão aprendo a ser humilde, a através do perdoar me liberto das amarras do rancor. Isto só me faz crescer e melhorar como pessoa.

Desfruto de um dos maiores prazeres da vida que é conhecer o Criador de forma pessoal, através da leitura da Bíblia e da oração. Alegro-me porque sei que as instruções da Palavra de Deus são para o meu bem, são para evitar que eu me dê mal... confio nisto e considero uma graça maravilhosa de Deus! Tudo o que restrinjo em minha vida não me acrescentaria nada de importante, pelo contrário, só iria me causar mal se eu fizesse.

Fico radiante em saber que tenho o privilégio de adorar a Deus com tudo o que sou e o que possuo, e que posso adorá-Lo devolvendo-Lhe uma parte de meu salário que Ele mesmo me propiciou na Sua misericórdia. Descanso na dependência de Deus e em Suas promessas, sabendo que este valor não vai me fazer falta, por que é Ele quem me dá o sustento. Alegro-me em saber que estes recursos vão contribuir para o crescimento da igreja do Senhor e também servirá para ajudar os necessitados.

Rapaz... fico ansioso pela chegada de um dia da semana em que posso me dedicar plenamente ao meu Deus... Como é bom meditar em sua Palavra com outros irmãos, compartilhar da comunhão... é bênção que não tenho nos outros dias!

É um privilégio pra mim servir a Deus na igreja, ser canal de bênção e instrumento do Espírito para Sua obra... só quem já sentiu esta sensação maravilhosa sabe do que estou falando!!!

Enfim... se eu morrer agora, eu sei pra onde eu vou... e esta certeza me faz a pessoa mais feliz do mundo!

Nenhum comentário: