sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Cinco importantes conselhos de um agricultor

Embora eu seja um jovem que nasceu e foi criado na capital, tive em minha infância e juventude excelentes experiências no campo, ainda muito novo, tive o prazer de aprender várias lições sobre plantas e bichos, com Sr. Francisco, morador da pequena chácara que possuímos no interior de PE. Em minha juventude ouvi diversos relatos e ensinos de Daniel Figueiredo, que até hoje é um grande amigo meu, na época, um apaixonado estudante de agronomia que sonhava, creio que ainda sonhe, em viver apenas do que a terra nos dá. Embora tenham sido poucos momentos, foram momentos que guardo até hoje em minha memória, com gratidão a Deus pelo que vi, vivi e aprendi.

O bom de ter vivido estes momentos foi que aprendi algumas lições sobre agricultura, lições sobre as árvores, lições que podemos aplicar às nossas vidas hoje.

Talvez você assim como eu que não posso plantar uma árvore em meu apartamento no 12º andar, chegue a se perguntar, mas que lições são estas sobre agricultura, sobre árvores, o que isto tem haver comigo? A minha resposta é que existe uma árvore chamada relacionamento, que devemos cultivá-la e cuidar dela muito bem, pois se não o fizermos ela logo morrerá.

Adube bem o relacionamento com Deus (raízes);
· Para se ter uma relação sadia, é imprescindível um relacionamento profundo e íntimo com Deus.
· Uma relação profunda com Deus vai nos dar raízes fortes para suportar as tempestades de situações em que o nosso relacionamento com os outros poderá ser afetado.

O casamento, por exemplo, é uma instituição divina que tem sido tão inescrupulosa e constantemente atacada pelos meios de comunicação, que chega a parecer uma inocência extrema o fato de pessoas com possuem capacidade intelectual, se prestem a recebe em suas casas, para si e para os seus filhos inclusive, os conceitos errôneos e os valores deturpados que as telenovelas, a maioria dos filmes e de outras programações despeja pela Internet, TV e DVDs.
Chegamos ao cúmulo de em alguns momentos, até mesmo torcer para que uma traição ocorra, tal é a forma como somos envolvidos e manipulados pelos artifícios utilizados pela mídia. Estamos perdendo valores, alias, estamos assistindo passivamente à destruição de todos os bons valores.
Só para se ter uma idéia do impacto que esta perda de valores como compromisso, comprometimento, fidelidade, responsabilidade traz à sociedade, tomando como base dados do levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, realizado em 2005, vemos que houve neste mesmo ano 835.846 casamentos e no mesmo ano 251.162 divórcios, isto nos dá um alarmante percentual de 30,04% de divórcios em relação a casamentos realizados, em outras palavras, para cada três casamentos que se realizam, temos um divórcio.
O resultado disto é uma sociedade cada vez mais doente, onde as crianças não respeitam mais os mais velhos, onde não existem mais valores morais, éticos, religiosos, nada mais importar a não ser aquilo que me satisfaz, afinal nós somos a geração do “Just do it”. Não importa as conseqüências, apenas faça.
Entre num site de notícias e você logo verá o que acontece hoje em nossa cidade, estado e pais: são notícias de recém-nascidos que foram abandonadas em terrenos baldios, filhos assassinando pais, pais assassinando os filhos, jovens pedindo para serem acorrentados por não conseguir se livrar das drogas, famosos envolvidos com drogas e alcoolismo.
São estas algumas das tempestades que temos que enfrentar e é por isso que precisamos de raízes fortes. Os adubos apropriados para fortalecer as nossas raízes são: leitura e meditação na Palavra de Deus, é nesta ora que ouvimos a voz de Deus, vida de oração (orai sem cessar) é o momento em que falamos com Deus, e por fim comunhão com os irmãos, é nesta hora que colocamos em prática o que Deus nos fala.


Ágüe bem a comunicação e a humildade (caule);
· “O casamento não é perfeito, pois você que é imperfeito faz parte dele.” (Pr. Jader)
· Reconhecermos que não somos perfeitos, que o outro também não precisa ser, é essencial para um relacionamento sadio. É a partir desta perspectiva que procuramos perdoar, assim como Deus nos tem perdoado. Embora na oração do pai nosso, a ordem seja inversa.
· Provérbios 18:12 Antes da ruína eleva-se o coração do homem; e adiante da honra vai a humildade.
· Provérbios 25:15 Pela longanimidade (capacidade de pensar antes de agir) se persuade o príncipe, e a língua branda quebranta os ossos.
· Provérbios 16:24 Palavras suaves são como favos de mel, doçura para a alma e saúde para o corpo.

Pode bem as palavras (galhos secos)
· O cuidado com as palavras é algo que deve ser observado e buscado. Pode as palavras, experimente ouvir mais do que falar. A palavra de Deus nos adverte a isto:
· Provérbios 15:1 A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.
· Provérbios 25:11 Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.
· Provérbios 15:4 A língua benigna é árvore de vida, mas a perversidade nela deprime o espírito.
· Provérbios 21:23 O que guarda a sua boca e a sua língua guarda a sua alma das angústias.
· Provérbios 21:09 É melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira em casa ampla uma mulher briguenta.
· Provérbios 21:19 É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça.
· Provérbios 27:15 O gotejar contínuo em dia de grande chuva, e a mulher contenciosa, uma e outra são semelhantes;
· Cantares de Salmão 04:11 Favos de mel manam dos teus lábios, minha esposa! Mel e leite estão debaixo da tua língua, e o cheiro dos teus vestidos é como o cheiro do Líbano.
· Provérbios 14:01 A mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos.

Limpe a mágoa e o rancor (ervas e parasitas)
· Limpe seu coração das ervas e parasitas, a mágoa é como a erva que se você deixar, só tende a crescer, limpe-a o quanto antes, corte-a, não espere que ela cresça, pois ela também pode criar raízes fortes. O rancor como parasita nos suga, nos fazendo carregar o peso daquelas por quem alimentamos este sentimento, ficamos fracos, espiritualmente doentes. Para o combater o melhor remédio é o fungicida do Perdão.
· Mateus 05:38-40 Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente. Eu, porém, vos digo que não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra; e ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa; e, se qualquer te obrigar a caminhar mil passos, vai com ele dois mil. Dá a quem te pedir, e não voltes as costas ao que quiser que lhe emprestes.
· Mateus 06:14-15 Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.

Colha os frutos bons ou maus
· Em nossa vida tudo que plantarmos, teremos que colher. Uma vez ouvi uma frase da qual jamais me esqueci: “O homem não escolhe o que colher, mas o que plantar”. Cuidado com o que você está plantando. Gálatas 06:07 Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
· Por isso plante o que é bom: Gálatas 06: 09 E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.
· Nosso professor da EBD já nos ensinou uma vez sobre este texto abaixo, então plantemos muito, exclusivamente das coisas boas, para que possamos colher muitas coisas boas também. (veja no site HTTP://samuellyra.blogspot.com) II Coríntios 09:06 E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.
· Na hora de colher, colha tudo aquilo que Deus fez frutificar. Um alerta especial aos pais, os filhos são o fruto do ventre o galardão de Deus, são herança do Senhor, são como flechas na aljava, mas precisam de cuidados especiais, tempo e exemplo são coisas inegociáveis para com os filhos. E aqui eu temo e tremo, pois não serei inocente diante de Deus se falhar nesta área. Não devo e posso terceirizar a sua criação de meu ou dos meus filhos. Deus é claro ao me dizer: Provérbios 22:06 Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.
· Uma coisa é digna de nota: é falso o pensamento que todos os maus frutos são de fato maus para nós. Romanos 08:28 E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. É ainda falos o conceito de que todos maus frutos são conseqüências de nosso pecado, ou decisão. Deus dirige os nossos passos.
· Mas mesmo aqueles maus frutos devem ser colhidos, e atitude frente a estes (momentos) deve ser de é de confiança e descanso em Deus, pois Ele é a nossa salvação e alegria.
o Salmos 118:14 O SENHOR é a minha força e o meu cântico; e se fez a minha salvação.
o Salmos 84:05 Bem aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração estão os caminhos aplanados.
o Salmos 29:11 O SENHOR dará força ao seu povo; o SENHOR abençoará o seu povo com paz.
o Neemias 08:10b portanto não vos entristeçais; porque a alegria do SENHOR é a vossa força.
· Os bons frutos merecem gratidão e louvor a Deus, os maus frutos também, o apostolo Paulo nos ensina a andarmos alegres em qualquer situação: Filipenses 04:11-13 Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.

Que Deus aplique a sua palavra às nossas vidas, nos enchendo do seu Santo Espírito para vivermos relações segundo o Seu padrão, para a glória do Seu nome.

Nenhum comentário: