quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Papai o que o senhor quer de presente?


Esta foi a pergunta que ouvi do meu filho Gabriel de 4 anos, ontem à noite. Na hora, pensei em dizer um perfume, talvez um sinto, talvez um tenis, ou quem sabe um IPAD, ou ainda uma IPHONE.

O fato é que durante poucos segundos, minha mente vagou sobre os maiores alvos do nosso atual desejo de consumo (Eletrônicos, Ferramentas, Jogos, Carros).

Depois deste breve período de devaneio, recordei a conciência e vi que não preciso de nenhuma destas coisas para ser feliz.

O fato é que nos segundos seguintes, enquanto a paciência do meu filho ainda existia, fiquei pensando não no presente que gostaria de ganhar, mas no que me faria feliz.

Neste momento, me lembrei de um texto bíblico, 3ª João 1:4 que diz: “Não tenho maior alegria do que esta, a de ouvir que meus filhos andam na verdade.”

Disse-lhe com calma e de maneira explicada que queria um cheiro e uma abraço bem forte, disse-lhe que gostaria de vê-lo crescendo, aprendendo a servir e amar a Deus.

Meus olhos se encheram de lágrimas ao ouvir dele: Papai, quando eu crescer, quero ser um missionário! Eu lhe expliquei que isto seria algo que muito me alegraria, e disse que ele já poderia ser, falando do amor de Cristo aos seus colegas no colégio e no Judô.

Ele finalizou, dizendo: Papai, eu posso falar que Cristo morreu na cruz no nosso lugar, não é?


Senhor Jesus, dá que meus filhos sejam Teus servos, fiés, me capacita a ensiná-los a Te amarem e Te servirem. Que eu e minha esposa, estejamos a cada dia sendo facilitadores, cooperadores neste propósito, servindo-lhes de exemplo, para que, quando eles estiverem grandes, Te amem e sirvam, pois como disse o apóstolo João, esta será a minha maior alegria, este é o presente que eu quero ganhar.

Que Deus atenda ao clamor deste pai, e seja sempre Louvado!


Leia o texto do link que fala sobre o passeio socrático. (http://samuellyra.blogspot.com/2011/08/passeio-socratico-por-frei-betto.html).

Nenhum comentário: