quarta-feira, 13 de julho de 2016

Deus não está morto!

“Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis;” Romanos 1.20

Deus não está morto! Deus existe e não adianta os ateus dizerem o contrário, não adianta parte da ciência tentar inventar teorias, seus atributos, são revelados através de tudo quanto fora criado por Ele. Ele é majestoso, soberano, grandioso, rico em misericórdia, longânimo, benigno, cheio de graça, verdadeiro em todos os seus caminhos, justo, poderoso, eterno, infalível, imutável, divino, amoroso, não soberbo, não improperador, dadivoso, bondoso, sublime.

A sua criação escancara aos homens que Ele é Deus. Seu filho, Jesus Cristo, nosso Salvador, morto na cruz, revela sua justiça, mas também o seu amor, e a ressurreição dEle, três dias após, revela que Ele possui a chave do inferno e da morte, que nas Suas mãos está o querer.

Que glorioso é o meu Deus. Não há outro além dele. Ele é o princípio e o fim. Ele conhece cada uma das estrelas pelo nome. Nada foge ao Seu controle, mas Ele conduz as coisas de maneira que todas juntas redundem em honra, glória e louvor ao Seu Santo Nome, assim como para o nosso bem.

Contemplemos a natureza e glorifiquemos a Deus, pois só Ele é digno de louvor eternamente, amém!


“Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos.” Salmos 19.1

Nenhum comentário: