sábado, 16 de julho de 2016

Estava perdido, mas fui resgatado

“Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer.” Romanos 3.10b-12

Estamos perdidos! A raça humana está perdida. Não há um digno! Ninguém que possa nos salvar, ninguém que possa comparecer na presença do Grande Juiz para interceder ou advogar por nós.  A condenação está declarada e não haverá como escapar. Nem a tecnologia, nem a ciência, nem a força de vontade humana será capaz de fazer com que a maldição que caiu sobre nós deixe de acontecer.

Dentre todos os seres humanos não há nenhum que faça o bem, não adiantar se achar o bom, o cara, eu e você somos inúteis, não buscamos a Deus. Antes como rebeldes buscamos os nossos próprios caminhos, preferindo adorar a criatura em lugar do Criador, que é Santo!

Mas Deus é bom, rico em misericórdia, perdoador, justo, mas benigno, e que se alegra em derramar sua graça sobre a vida dos seus filhos. Ele enviou alguém que pudesse cumprir a sua justiça, alguém capaz de conquistar o direito de nos defender, alguém que pudesse pisar a cabeça da maldita serpente que nos acusava: JESUS, o Cristo.

JESUS, O MESSIAS, Ele não apenas advoga por nós, mas Ele mesmo pagou o preço pelos nossos pecados na cruz, Ele atendeu a justiça de Deus, recebendo em sua própria carne a ira santa de Deus que devia cair sobre nós. E é por isso que agora, devemos viver para o agradecer, louvar e bendizer, vivendo para o louvor de Sua Glória.

Obrigado Jesus, pois morreste na cruz em meu lugar, mas também porque, ao terceiro dia ressuscitasses e posso crer que um dia, eu estarei contigo para te bendizer por tão grande salvação.


 “No tocante a mim, confio na tua graça; regozije-se o meu coração na tua salvação.” Salmos 13.5

Nenhum comentário: